Shakespeare in Portuguese

20/09/2017 17:59
O instituto Shakespeare Birthplace Trust (Stratford-upon-Avon, Inglaterra) publicou no seu site um vídeo com uma passagem da tradução em português de Sonho de uma noite de verão (A midsummer night’s dream), obra editada em 2016 pela EdUFSC.

A passagem é lida pelo próprio tradutor da obra Professor Rafael Raffaelli, que também produziu o vídeo.

Confira abaixo:
www.shakespeare.org.uk

Feira do Livro – encontro com Walter Bazzo

01/09/2017 16:00

Quando: 05/09/2017 (terça-feira) às 17h

Onde: Livraria da EdUFSC no Centro de Cultura e Eventos

          

WALTER ANTONIO BAZZO é engenheiro mecânico e doutor em educação na área de ciências. Desenvolve seus estudos em Educação Tecnológica com ênfase no processo civilizatório contemporâneo e nas relações entre ciência, tecnologia e sociedade (CTS). Professor Titular do Departamento de Engenharia Mecânica e do Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica (PPGECT) da UFSC, atua como membro do Conselho Editorial de várias revistas sobre Educação no Brasil e exterior.

(mais…)

Editora da UFSC marca presença na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro 2017

01/09/2017 01:10

A Editora da UFSC marca presença na Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro 2017

A Bienal do Livro do Rio é o maior evento literário do país, um grande encontro que tem o livro como astro principal. Para o leitor, é a oportunidade de aproximação dos seus autores favoritos e de conhecer muitos outros. Durante onze dias, o Riocentro sedia a festa da cultura, da literatura e da educação. Nos espaços dedicados às atrações, o público pode participar de debates, bate-papos com personalidades e escritores, além das atividades culturais que promovem a leitura.

Localização: Estande coletivo da Associação Brasileira das Editoras Universitárias, pavilhão 3 – azul – H09/I04

Livro da EdUFSC é destaque no Estadão

21/08/2017 20:33

‘A Cctv-xne-doblin-capaonstrução da Obra Épica’ analisa os grandes romances de autores como Cervantes e Dostoievski

Considerado um dos maiores prosadores alemães do século 20, Alfred Döblin (1878- 1957) é autor do romance Berlin, Alexanderplatz (Berlim, Praça Alexandre), de 1929, um vasto painel da Alemanha pré-nazista que foi filmado em 1983 por Rainer Werner Fassbinder. “Não tenho um cerimonial de trabalho”, afirmou Döblin certa vez, antes de ter suas obras proibidas e queimadas na Alemanha e ser obrigado a viver no exílio, “mas não consigo trabalhar numa cidade estranha, etc., raramente em uma mesa de hotel no meu quarto, só na minha casa em Berlin, e em locais berlinenses, sinto segurança”. Essa declaração consta do seu ensaio O Trabalho no Romance, que acaba de ser publicado no Brasil, junto com seis outros de sua autoria, na importante e reveladora antologia A Construção da Obra Épica e Outros Ensaios.

(mais…)

Lançamento – A construção da obra épica e outros ensaios

16/08/2017 13:12

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

A questão de ordem filosófica que envolve os processos da apreensão do “real” sempre esteve  presente, de um modo ou de outro, no horizonte da crítica literária. Em tempos idos, essa questão foi identificada pelo terminus “verossimilhança”, depois pela discussão sobre as fronteiras entre literatura e história, continuando até os dias de hoje sob diversas denominações, Alfred Döblin (1878-1957), o famoso autor de Berlin Alexanderplatz, também foi um ensaísta e importante teórico do “como” o “real” é apreendido em um texto literário.

(mais…)

Feira do Livro – Ser eu – Encontro com o organizador

14/08/2017 19:11

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Encontro com Pedro de Souza,  organizador  do livro “Ser eu” de Philippe Chevallier

Quem: Pedro de Souza (organizador)
Livro: Ser eu

Quando: 17/08/2017 (quinta-feira) às 15h30min
Onde: Livraria da EdUFSC no Centro de Cultura e Eventos

 

 

Lançamento – Ser eu

08/08/2017 19:23

Atualidade de Soren Kierkegaard

Ser eu: atualidade de Søren Kierkegaard é mais um dos trabalhos que mostram o perfil de um autor que, ao modo de Michel Foucault – o pensador que o inspira -, reinventa cada tema e cada objeto de que trata. Nesta obra, fortemente reconhecida na França, o autor propõe uma maneira indissociável de considerar a vida e a obra de Søren Kierkegaard. O livro de Philippe Chevallier segue, com inquestionável originalidade, a corrente que vê no pensamento de Kierkegaard mais do que uma filosofia individualista de cunho moral e religioso.

(mais…)