Editora da UFSC
  • ‘Os Mortos de Abril: pequeno diário higiênico’ é a obra apresentada na nova edição do projeto Livro na Praça

    Publicado em 07/10/2022 às 0:05

    A próxima edição do projeto Livro na Praça ocorre na sexta-feira, 7 de outubro, às 18h, e apresenta o livro Os Mortos de Abril: pequeno diário higiênico, com Amilcar Neves, e apresentação musical de Roberto Carlos Alves. O evento é, novamente, sediado na Igrejinha da UFSC, com o objetivo de promover um encontro do escritor com o leitor.

    Redigido à mão, entre 21 de abril de 2016 a 20 de abril de 2017, o pequeno diário narra mais do que a passagem de um ano na vida da personagem principal. Toda uma vida, que particulariza um tempo histórico, está inserida nessa trajetória. Passado, presente e futuro são expressos nos pequenos pedaços de papel disponíveis. A obra é apresentada em um formato de diário, no qual cada jornada é relatada em poucas palavras, por vezes um parágrafo, que exprime aquelas horas de um dia ou outro.

    Vencedor do II Concurso Salim Miguel 2016-2017, promovido pela Editora da UFSC (EdUFSC), o pequeno grande texto de Amilcar Neves é um convite à reflexão sobre a vida e a morte no Brasil contemporâneo. Inovador na forma e instigante em seu atual tema, o premiado livro agora está disponível na livraria da Edufsc 
    Continue a leitura » »


  • Concurso Grupo Sul e o Modernismo Catarinense – Romance – 2022-23

    Publicado em 01/10/2022 às 22:28

    A Editora da UFSC convida todos os catarinenses e moradores de Santa Catarina para participar do concurso literário Grupo Sul e o Modernismo Catarinense que premiará uma obra do gênero romance.

    O que é o concurso literário?

    A Editora da UFSC, ao longo de seus 41 anos de atividade no mercado editorial, em especial no campo das editoras universitárias, publica obras de variadas áreas do conhecimento. A fim de incentivar a produção artística no estado e valorizar a literatura catarinense, a Editora da UFSC promove concursos literários, anualmente ou bianualmente, que contemplam diversos gêneros da literatura. Em 2022, o concurso homenageia o Grupo Sul e o Modernismo Catarinense.

    Qual o período de inscrições?

    As inscrições para o concurso literário serão realizadas de 01 de outubro a 31 de dezembro de 2022, por meio do preenchimento do formulário disponível abaixo.

    Acesse abaixo o regulamento:

    Regulamento – Concurso Grupo Sul e o Modernismo Catarinense – Romance – 2022/23

    Formulário de inscrição

    Continue a leitura » »


  • Editora da UFSC doa livros ao Museu do Lixo

    Publicado em 26/09/2022 às 13:24

    A EdUFSC, no seu projeto Livro em Movimento – A Editora da UFSC promove ação solidária em bibliotecas públicas – esteve visitando o Museu do Lixo da Comcap, em Florianópolis, no dia 21 de setembro/22, levando uma caixa de livros para enriquecer a biblioteca daquele acervo.

    Os livros do museu do Lixo, na sua grande maioria encontrados em descarte, são recolhidos, restaurados e, uma vez recuperados, são distribuídos às bibliotecas de escolas públicas.

    A EdUFSC, mensalmente, estará visitando uma escola pública, entregando livros de seu catálogo e promovendo uma ação solidária com os leitores.


  • EdUFSC lança o e-book “Maeve”, com roteiro original de Pat Murphy

    Publicado em 26/09/2022 às 11:27

    O primeiro longa-metragem de Pat Murphy acompanha as consequências do retorno de uma jovem a Belfast, sua cidade natal, na década de 1970. Maeve expõe o patriarcado do Estado britânico e da política republicana, reflete sobre a história nacionalista e o pensamento feminista e representa o cinema irlandês do início dos anos 1980. Este volume inclui o roteiro original de Murphy, um novo prefácio escrito por ela e dois ensaios críticos sobre Maeve e outras obras cinematográficas de Murphy. Ilustrado com fotogramas e esboços originais de storyboard, o livro se baseia em extenso material de arquivo do Irish Film Institute e inclui uma bibliografia selecionada.

    Autor(es): Pat MaeveMurphy

    Organizador(es): Lance Pettitt, Beatriz Kopschitz Bastos

    ISBN: 9786558050575

    Preço R$ 27,00

    Formato: eBook

    Compre aqui

     

     

     

     


  • Antropólogo Rafael Bastos apresenta “Dioniso em Santa Catarina”

    Publicado em 20/09/2022 às 12:14

    A Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC) promove nesta sexta-feira, 23 de setembro, às 18h, mais uma edição do projeto Livro na Praça – ler para se libertar, sobre a obra Dioniso em Santa Catarina – ensaios sobre a farra do boi. O evento ocorre na Igrejinha da UFSC e o antropólogo Rafael José de Menezes Bastos apresentará a publicação ao público. O livro apresenta um ensaio interdisciplinar sobre a farra do boi. É uma obra de autoria coletiva, que envolve antropólogos e historiadores.

    A atividade é aberta à comunidade e contará com a venda de livros da Editora com promoções especiais. O projeto Livro na Praça  ocorre todas as sextas-feiras, no mesmo local e horário, até dezembro, com o objetivo de promover encontros entre escritores e leitores.

    Os eventos de setembro são dedicados à história de Santa Catarina. Nos encontros, autores convidados farão uma fala de cerca de 40 minutos sobre sua obra, em linguagem acessível, permitindo ao final um debate com os presentes. A Editora disponibilizará o livro apresentado e outras obras afins para serem adquiridas por um preço promocional. (AGECOM).


  • Livro na Praça desta sexta-feira apresenta O Cinema em Santa Catarina

    Publicado em 14/09/2022 às 21:19


  • Livro na Praça

    Publicado em 06/09/2022 às 12:13

    Ocorreu nesta sexta-feira, 2 de setembro, na Igrejinha da UFSC, localizada na Praça Santos Dumont, na Trindade, a primeira edição do projeto “Livro na Praça”, uma iniciativa da Editora da UFSC.  O evento contou com a presença de autoridades, professores, servidores, alunos e da comunidade em geral. O projeto continuará até dezembro, todas as sextas-feiras, na praça Santos Dumond ou arredores, a depender das condições meteorológicas e disponibilidade de espaço. A iniciativa busca promover um encontro de escritores e leitores. Na ocasião, o livro apresentado foi “Memórias Reveladas da UFSC durante a Ditadura Civil-Militar”, com a exposição de uma das autoras, a professora Marli Auras.

    O evento foi transmitido ao vivo pelo canal do Instituto Memória e Direitos Humanos (IMDH) da Universidade Federal de Santa Catarina.

    A próxima edição será no dia 9 de setembro. O tema é História de Santa Catarina, com apresentação do livro Histórias na ditadura: Santa Catarina 1964-1985, de Ana Brancher e Reinaldo Lohn.

    Confira a programação do mês de setembro:

    SETEMBRO | História de Santa Catarina

    Dia 2 – Memórias reveladas da UFSC durante a ditadura civil-militar. Autores: Jean-Marie Farines, Marli Auras e Laura Tuyama

    Dia 9 – Histórias na ditadura: Santa Catarina 1964-1985. Autores: Ana Brancher e Reinaldo Lohn

    Dia 16 – O cinema em Santa Catarina. Autor: José Pires

    Dia 23 – Dionísio em Santa Catarina – ensaios sobre a farra do boi. Autor: Rafael José de Menezes Bastos.

    Dia 30 – Guerra do Contestado. Autora: Marli Auras


  • Livraria da EdUFSC recepciona os alunos com grande promoção Volta às Aulas

    Publicado em 25/08/2022 às 14:43

    A livraria da EdUFSC recepciona os alunos com grande promoção Volta às Aulas. Os descontos abrangem todo o catálogo e alcançam até 70%. Entre os lançamentos disponíveis para venda destacam-se: Engenharia têxtil: uma abordagem simplificada, de Catia Rosana Lange de Aguiar; Memórias reveladas da UFSC durante a ditadura civil-militar, de Marli Auras, Jean-Marie Farines e Laura Tuyama.

    Também estão à venda as recentes traduções de Em defesa da liberdade: ensaios sobre a tirania moderna e Nossa moléstia: lições sobre a liberdade extraídas de um diário hospitalar, obras de  Timothy Snyder — historiador estadunidense, professor da Universidade de Yale, especializado em história da Europa Central e Oriental.

    A promoção Volta às Aulas ocorre na livraria da EdUFSC, no centro de eventos, e online, www.livraria.ufsc.br.


  • LANÇAMENTO! Nossa moléstia: lições sobre a liberdade extraídas de um diário hospitalar – Timothy Snyder

    Publicado em 08/08/2022 às 23:04

    No final de 2019, Timothy Snyder quase perdeu a vida em decorrência de uma apendicite incorretamente diagnosticada. Neste livro, o historiador norte-americano usa esse incidente em sua vida pessoal como ponto de partida para uma contundente reflexão sobre as falhas no sistema de saúde de seu país. A Snyder interessa explorar principalmente o vínculo da assistência médica com um dos mais acalentados valores da cultura dos Estados Unidos: a liberdade. Se seus compatriotas reagem tão timidamente à maneira torpe como são tratados quando doentes, é em larga medida porque já admitiram viver em um ambiente em que suas liberdades vêm sendo crescentemente degradadas.

    Timothy Snyder é historiador, professor da Universidade de Yale e pesquisador permanente do Instituto de Ciências Humanas de Viena. Entre outras láureas internacionais, recebeu o Prêmio Hannah Arendt de Pensamento Político, o Prêmio Literário da Academia Americana de Letras e Artes, o Prêmio Literário de Leipzig para Especialistas na Europa Moderna, o Prêmio do Comitê Auschwitz da Holanda e a Medalha do Levante do Gueto de Varsóvia. Sua obra compreende quinze livros, dos quais aos menos cinco são considerados best-sellers internacionais, traduzidos para quarenta línguas diferentes. No Brasil, Snyder tem cinco livros editados, entre eles Sobre a Tirania, de 2017, que permaneceu por um ano como o número 1 na lista de mais vendidos do New York Times e do Washington Post, e Em defesa da liberdade: ensaios sobre a tirania moderna (Editora da UFSC, 2022).


  • EdUFSC promove projeto Livro na Praça

    Publicado em 30/08/2022 às 15:42

    EdUFSC promove projeto Livro na Praça, com encontro entre escritores e leitores e venda de livros a preços acessíveis

    Reproduzido de APUFSC

    Sessenta títulos da editora serão vendidos a preços promocionais a partir de R$ 3

    A Editora da Universidade Federal de Santa Catarina (EdUFSC) realizará, entre os meses de setembro e dezembro, o projeto Livro na Praça, que consiste em um encontro entre escritores e leitores e venda de livros a preços acessíveis. O projeto acontecerá às sextas-feiras, a partir das 18h, na Praça Santos Dumont, no bairro Trindade, em Florianópolis, podendo ser transferido para o Teatro Carmen Fossari ou a Igrejinha da UFSC em dias de chuva.

    Os encontros serão temáticos: em cada mês, um assunto será debatido. Em setembro, será história de Santa Catarina; em outubro, literatura em Santa Catarina; em novembro, história do Brasil; e em dezembro, jornalismo alternativo. Em cada encontro, um autor convidado fará uma fala de cerca de 40 minutos sobre sua obra, em linguagem acessível, permitindo, ao final, um debate com os presentes.

    EdUFSC irá disponibilizar para venda o livro apresentado com até 80% de desconto, entre outras obras. A editora estará vendendo 60 títulos a preços promocionais a partir de R$3  como o livro “O professor é um poeta II”, organizado pela Apufsc-Sindical. Entre as obras, será possível encontrar, por exemplo, o livro “Dos subterrâneos da história: as trabalhadoras das minas de carvão em Santa Catarina”, de Carlos Renato Carola, com 84,8% de desconto.

    Além da EdUFSC, também foram convidadas a editora Insular e a livraria Livros&Livros para vender obras na praça. A única exigência que eu faço pra eles é que venham com livros promocionais. O preço baixo não diminui o valor do livro, pelo contrário, faz o livro chegar em mais gente, conta o professor Waldir José Rampinelli, diretor da EdUFSC.

    Waldir José Rampinelli (Foto: Erick Vinícius/Apufsc)
    Waldir José Rampinelli, da EdUFSC, que tornar a literatura catarinense mais acessível (Foto: Erick Vinícius/Apufsc)

    O projeto Livro na Praça é inspirado no programa Para Leer en Libertad, que acontece há dez anos no México. Organizado por historiadores, Para Leer en Libertad também acontece nas praças, com palestras de escritores e editoras vendendo livros a preços acessíveis ou doando. O programa se tornou a maior distribuição de livros do mundo, com mais de 50 milhões de obras distribuídas.

    O professor Rampinelli conta que pretende transformar o Livro na Praça em um projeto permanente da EdUFSC. Os meses de março, abril e maio de 2023 já estão em planejamento, e terão como tema Relações Internacionais, Filosofia e Esportes e Saúde, respectivamente. Pode ser um pouco ousado, mas queremos transformar isso na distribuição de livros de Santa Catarina, aspira o professor.

    Na primeira edição, que acontece no dia 2 de setembro, a obra apresentada será “Memórias reveladas da UFSC durante a ditadura civil-militar”, dos autores Jean-Marie Farines, Marli Auras e Laura Tuyama. O livro descreve acontecimentos do período da ditadura civil-militar na Universidade Federal de Santa Catarina. A obra é a consolidação dos documentos e depoimentos colhidos pela Comissão Memória e Verdade da UFSC e apresentados no seu relatório final, que confirmaram violações dos direitos humanos.

    Confira a programação completa:

    SETEMBRO | Tema: História de Santa Catarina

    Dia 2: “Memórias reveladas da UFSC durante a ditadura civil-militar”
    Autores: Jean-Marie Farines, Marli Auras e Laura Tuyama

    Dia 9: “Histórias na ditadura: Santa Catarina 1964-1985”
    Autores: Ana Brancher e Reinaldo Lohn

    Dia 16: “O cinema em Santa Catarina”
    Autor: José Pires

    Dia 23: “Dionísio em Santa Catarina – ensaios sobre a farra do boi”
    Autor: Rafael José de Menezes Bastos

    Dia 30: Guerra do Contestado
    Autora: Marli Auras

    OUTUBRO | Tema: Literatura em Santa Catarina

    Dia 7: “Os mortos de abril – pequeno diário higiênico”
    Autor: Amilcar Neves

    Dia 14: “Os milagres do cão Jerônimo”
    Autor: Péricles Prade

    Dia 21: “Ao que minha vida veio”
    Autor: Alckmar dos Santos

    Dia 28: A Mala de Jorge Amado na UFSC
    Autor: Tânia Ramos

    NOVEMBRO | Tema: História do Brasil

    Dia 4: Literatura e Política no Estado Novo
    Autor: Adriano Luiz Duarte

    Dia 11: “As duas faces da moeda – as contribuições de JK e Gilberto Freyre ao colonialismo português”
    Autor: Waldir José Rampinelli

    Dia 18: “A batalha de papel: a charge como arma na guerra contra o Paraguai”
    Autor: Mauro César Silveira
    Expositor: A ser convidado

    Dia 25: “Uma ilusão de desenvolvimento – nacionalismo e dominação burguesa nos anos JK”
    Autor: Lúcio Flávio de Almeida
    Expositor: Nildo Ouriques

    DEZEMBRO | Tema: Jornalismo Alternativo
    Em planejamento
    Datas previstas: dias 2, 9, 16

    Lais Godinho
    Imprensa Apufsc


  • #EdUFSCindica

    Publicado em 12/08/2022 às 14:07

     

    Em homenagem ao Dia Internacional dos Povos Indígenas, criado pela ONU em 1994 e comemorado no dia 09 de agosto, a #EdUFSCindica “A Festa da Jaguatirica: uma partitura crítico interpretativa” de Rafael José de Menezes Bastos.

    Este livro inaugura a Coleção Brasil Plural. É uma das primeiras descrições integrais de um ritual musical ameríndio. Feita no seu próprio pulso, ela evidencia que o cerne desses rituais, na Amazônia, está na articulação de pequenas unidades (canções, peças instrumentais, vinhetas) em longas sequências e sequências de sequências, resultando em performances às vezes de mais de dez dias. A música neles opera como pivô entre as artes verbais (poesia, mito) e corporais (especialmente a dança). A publicação deste livro contribui fortemente para a atual reconfiguração do conhecimento sobre os povos amazônicos, apontando para a ideia de uma grande complexidade de suas culturas.