Editora da UFSC
  • A Editora EdUFSC participará do 5º Prêmio ABEU 2019.

    Publicado em 10/06/2019 às 21:13

    As editoras universitárias poderão inscrever obras nas categorias: Ciências Humanas, Ciências Sociais, Ciências da Vida, Ciências Naturais e Matemáticas, Ciências Sociais Aplicadas, e Linguística, Letras e Artes – no que concerne a conteúdos; além de Projeto Gráfico, no que concerne ao produto final do processo editorial; e Tradução, que é uma novidade deste ano.

    A EdUFSC concorrerá nas seguintes categorias:

    Ciências Humanas : O campo da mente

    Link: https://livraria.ufsc.br/…/o-campo-da-mente–introducao-cri…

    Ciências matemáticas – Cálculo numérico computacional

    Link: https://livraria.ufsc.br/…/1…/calculo-numerico-computacional

    Projeto Gráfico – Os mortos de abril

    https://livraria.ufsc.br/…/os-mortos-de-abril–pequeno-diar…

    Tradução – Mundo de sonho e catástrofe

    https://livraria.ufsc.br/…/mundo-de-sonho-e-catastrofe–o-d…

    A ABEU objetiva, com essa premiação, incentivar a qualificação das edições das casas editoriais universitárias, bem como fomentar a produção técnico-científica, em relação tanto à excelência dos conhecimentos veiculados pelos títulos quanto à concepção estética das edições.

    Confira o site oficial da premiação e acesse o regulamento completo clicando na imagem.


  • Mais descontos!

    Publicado em 10/06/2019 às 21:10

    Visite a nossa loja ou acesse o nosso site, aproveite!

    https://livraria.ufsc.br/


  • De técnico e de humano: questões contemporâneas ED. 3

    Publicado em 10/06/2019 às 21:08

    De técnico e de humano: questões contemporâneas ED. 3

    Disse Ortega y Gasset que “um homem sem técnica, isto é, sem reação ao meio, não é um homem”. Seria a técnica que, ao nos aparelhar para o enfrentamento de nossas necessidades, nos colocaria num patamar além do puro instinto. A construção do que somos, do papel social que representamos, só pode almejar coerência e completude se formos mais que indivíduos, cidadãos ou profissionais, mas pessoas, personagens protagonistas das nossas ações. Formação que contemple desmedidamente um lado – o técnico –, descurando do outro, peca pelo sonambulismo que restringe a nossa condição humana. É sobre isso que Walter Bazzo – meu companheiro de mais de três décadas de lida na UFSC – escreve. Esse tem sido o seu discurso, a sua fala, a sua luta, procurando não deixar que se dissociem as múltiplas variáveis que compõem a intrincada equação da civilização moderna, pois a idealização simplista do real complexo suga de nós a humanidade. Tudo isso nos convida a sorver – sempre com a mente aberta – o conteúdo deste seu trabalho, agora mais adensado ainda, para que possamos melhor refletir acerca dos nossos papéis sociais, enfim, da nossa humanidade. Se for para decidir entre o técnico e o humano, eu fico com ambos. Nada paradoxal. Tudo instigante. Tudo motivador de novas e mais realistas visões de mundo. Luiz Teixeira do Vale Pereira

    Autor : Walter Antonio Bazzo

    Editora : Edufsc

    Link para maiores informações:

    https://livraria.ufsc.br/produto/1221/de-tecnico-e-de-humano–questoes-contemporaneas-ed–3


  • Concurso Odília Carreirão Ortiga II de Roteiros de Teatro e Cinema

    Publicado em 07/06/2019 às 17:47

    Ainda dá tempo de participar!

    Dia 28 de junho encerra as inscrições para o Concurso Odília Carreirão Ortiga II de Roteiros de Teatro e Cinema.

    Acesse o Edital e a Ficha de inscrição!

    Clique aqui.

     


  • 16 ª Feira do livro de Joinville

    Publicado em 06/06/2019 às 20:50


  • O mistério do mal: Bento XVI e o fim dos tempos

    Publicado em 03/06/2019 às 20:17
    Cumprindo a “grande recusa”, Bento XVI deu prova não de vileza, mas de uma coragem que adquire hoje um sentido e um valor exemplares. Sua decisão chama atenção para a distinção entre dois princípios essenciais de nossa tradição ético-política, dos quais as sociedades parecem ter perdido qualquer consciência: a legitimidade e a legalidade. Se é tão profunda e grave a crise que nossa sociedade está atravessando, é porque ela não só questiona legalidade das instituições, mas também sua legitimidade; não apenas, como se repete muito frequentemente, as regras e as modalidades do exercício do poder, mas o próprio princípio que o fundamenta e o legitima. O “mistério do mal” de que fala o apóstolo Paulo não é um sombrio drama teológico que retém o fim dos tempos e paralisa e torna enigmática e ambígua toda ação, mas um drama histórico, em que o último dia coincide com o presente e em que cada um é chamado a cumprir sua parte, sem reservas e sem ambiguidades.
    Autores : Giorgio Agamben , Patricia Peterle , Silvana de Gaspari
    Editora : Edufsc
    Para maiores informações, acesse:
    https://livraria.ufsc.br/produto/775/o-misterio-do-mal–bento-xvi-e-o-fim-dos-tempos

  • Aniversário de 165 da Biblioteca Pública segue com atrações culturais até o próximo sábado

    Publicado em 31/05/2019 às 14:04

    A Biblioteca Pública [do Estado] de Santa Catarina comemora 165 anos com atividades culturais durante toda esta semana. E hoje, sexta-feira, 31 de maio, exatamente no dia do aniversário da instituição cultural mais antiga em funcionamento no Estado de Santa Catarina, o escritor Amilcar Neves estará autografando, das 17 às 18 horas, o seu romance Os Mortos de Abril. O livro é uma publicação de 2018 da nossa Editora e estará à venda pelo preço da catálogo: R$ 34,00.

     

    Para maiores informações, e detalhes da agente dos eventos, acesse a noticia.

    http://www.cultura.sc.gov.br/noticias/1424-noticias-biblioteca-publica-de-sc/21821-aniversario-de-165-da-biblioteca-publica-segue-com-atracoes-culturais-ate-o-sabado


  • Visualização de dados, informação e conhecimento

    Publicado em 31/05/2019 às 12:50
    A visualização de dados, informação e conhecimento é a forma pela qual se pode representar a informação de maneira gráfica ou visual. Seu propósito é facilitar a assimilação e o entendimento da informação. Surge da necessidade de se assimilar grandes quantidades de informação. É tarefa do comunicador que deve transformar dados abstratos em mensagem visíveis. As ferramentas mais comuns para aplicação e o uso prático de tal técnica de representação são os mapas semânticos e conceituais, a visualização em escala temporal, a geovisualização de dados, a modelagem de processos, a visualização textual, analítica e em diagramas de rede.
     
    Autores : Audilio Gonzales Aguilar , Adilson Luiz Pinto , Alexandre Ribas Semeler , Ana Paula Alves Soares
    Editora : Edufsc
     
    Maiores informações, acesse: https://livraria.ufsc.br/produto/808/visualizacao-de-dados,-informacao-e-conhecimento

  • Passagem para o prosaico: da ontologia existencial à gramática da faticidade

    Publicado em 29/05/2019 às 13:18
     

    Nessa direção, a teologia existencial de Bultmann e de seus seguidores também fez sua parte.Distanciando-se das concepções filosóficas racionalistas, o decisionismo existencialista foi uma tentativa de, radicalmente, dar sentido à vida; ele já estava muito bem expresso em Sartre, que, no Diário de uma guerra estranha, escrito por volta de 1940, relata as tentativas de buscar uma alternativa de vida mais autêntica que o afastasse da mediocridade pequeno-burguesa, nem que fosse escolhendo a aventura, o heroísmo e até mesmo a santidade (SARTRE, 2005). Essas tentativas, para colocar-se numa situação radicalizada da vida, levaram alguns a desembocar no ateísmo e outros a ter noções de Deus e de fé profundamente abaladas, o que lhes exigiu, no mínimo, uma reformulação da teologia.
     
    Autor : Luiz Hebeche
    Editora : Edufsc
     
    https://livraria.ufsc.br/produto/758/passagem-para-o-prosaico–da-ontologia-existencial-a-gramatica-da-faticidade

  • Nota de pesar

    Publicado em 23/05/2019 às 15:31

    Nota de pesar

    Com imensa tristeza, a equipe da Editora da UFSC comunica o falecimento da Profa. Dra. Gestine Cássia Trindade, membro do Conselho Editorial desde 2017, em 22 de maio de 2019.

    É uma perda irreparável, pois suas ações sempre foram direcionadas em prol de uma universidade culta, forte, intelectual e aberta à população. Além disso, era defensora de obras dedicadas à cultura, ao saber fazer, ao resgate histórico e educador, que proporcionasse aos leitores mais conhecimento, bem único de cada ser humano.

    A equipe da Editora da UFSC presta sua singela homenagem.

    Que as luzes do infinito iluminem sua ida e conforte a família e amigos.